05/08/2007

Como não adormecer ao volante

Depois de um dia completamente ocupado a fotografar um casamento (foi das 08h30 até à 01h, non-stop), dicas para percorrer a quase uma hora de caminho entre o local da celebração e o lar, quando já se tem sono e se sabe de antemão que se tem tendência para adormecer ao volante:

1. Irá precisar de um CD destes. Verdadeiramente bom.
2. Pegar no dito CD, enfiar no autorádio, e meter a volume bem alto.
3. Vir a cantar aos berros no caminho entre Santarém e Lisboa, até ficar rouco.
4. Para ajudar e não se sentir demasiado confortável, ligar o AC no máximo para o frio, numa noite que já de si não estava propriamente quente.

Música alta + cantoria + frio de rachar dentro do carro = Headache em casa inteirinho.

5 comments:

Thunderlady said...

Adormecer ao volante é lixado... cuida de ti (e dos outros!)

wednesday said...

ainda bem que chegaste bem... Para a próxima pede um quartinho aos noivos.

Para sempre, Maria said...

Santarém?Tu és de Santarém?
Lá está mais uma excepçãò à regra...ouves pixies e curtes Terry Gilliam.
beijo

Headache said...

Não sou de Santarém, o copo-de-água é que foi lá (Vilgateira, para ser mais exacto).

Moro mesmo em Lisboa.

Noivinha mái linda said...

Os noivos até ofereceram um quarto o fotografo é que não quis...