15/10/2006

3 momentos brilhantes em televisão

1 - Todo o último episódio da oitava série do ER (o episódio em que o Mark Greene morre).

2 - A cena no penúltimo episódio do Sex and the City em que as amigas estão sentadas à mesa com o Big. A ruiva (Miranda) não diz nada até ao último momento - "go get our girl". São estas pequenas coisas que fazem uma grande actriz. A expressão dela em toda a cena é digna de um livro ou de uma pintura.

3 - Os grandes planos do Top Gear. Já li algures que mostram programas inteiros da série em escolas de realização e imagem para se ver o que se faz bem. Um episódio em particular me marcou, em que estava a nevar e o sol a pôr-se em simultâneo, enquanto passava o tema do Twin Peaks (ver abaixo).


8 comments:

ShooGirl said...

Ahhhhhhhhhh
Se não tivesse já viste o 1) e o 2) teria-te ESGANADO...

(o 3) desconheço completamente, por isso abstenho-me)

B.A.B.E. said...

e a frase do Mr Big. qualquer coisa como: "com a Carrie, qualquer homem tem sorte se vier em 4º" faz-me chorar desalmadamente!

ShooGirl said...

Ai cala-te... no dia do último episódio, chorei baba e ranho (VERGONHA!!!!) ao ver/ouvir tanta coisa linda... baaah... corações moles...

Headache said...

Gostei mais do penúltimo do que do último (todas as vezes que faço zapping pela SIC Gaja estão a repeti-los, por algum motivo...). Acho que não exploraram todo o potencial.

ShooGirl said...

Sim, acho que se notou ali uma certa "pressa" em terminar a série... senti o mesmo.
(ahahah o meu irmão tb se refere à Sic Mulher como Sic Gaja... dass sò à chapada!)

Headache said...

Sic Mulher deve ser dos piores nomes de todos os tempos. O Fox nomeou o seu canal feminino como "Fox Life" e não "Fox woman" ou "Fox gaja"...

A SIC Radical não se chama SIC "adolescentes tesudos e geeks", embora seja esse o público alvo.

dream on pinoquio said...

E a cena em que a Carrie passa a resteira ao Mr Big?

Headache, GOSTAS de ver Sex and the City? Se disseres que gostas de gatos eu fico apaixonada (considero duas qualidades raras nos homens).

Headache said...

O Sex and the City tem dias. Acho que só o facto de ser uma produção da HBO, com aquela equipa técnica maravilhosa (muita gente também andava metida nos Sopranos), já a fazia valer imenso, mas alguns episódios deixaram-me de pé atrás (o últio, p.ex.). Devo ter visto metade deles, se calhar mais, mas nunca religiosamente.

E sim, adoro gatos. E cães também, desde que não sejam aqueles nojentos a pilhas que são chatos como o catano.