13/05/2006

Som #11

A Perfect Circle - Judith
(nota: se forem religiosos/crentes, é melhor não ler nem ver o vídeo)

Uma música difícil, esta. Judith era (morreu entretanto, mas era viva quando foi feita a música) o nome da mãe do vocalista dos APC. Demonstra a dor de um filho que vê a mãe ficar paralisada e agarrada durante mais de 20 anos e sabe que não pode fazer nada quanto a isso. A revolta dele é maior ao ver que a mãe nunca perdeu o seu forte sentido religioso e "aceita" o destino que "o Deus dela" lhe impôs. Mas isso já é demasiado para ele, que se revolta contra duas coisas: a parilisia em si (provocada pelo "Deus" - praise the one who left you broken down and paralyzed), e a conformação da mãe de que isso é vontade divina e nada há a fazer. É uma música de dor sentida.
O vídeo custou um balúrdio a fazer (USD$800.000!!! - dass...) e foi realizado por David Fincher (Fight Club, Se7en).



Letra:
You're such an inspiration for the ways
That I'll never ever choose to be
Oh so many ways for me to show you
How the savior has abandoned you
Fuck your God
Your Lord and your Christ
He did this
Took all you had and
Left you this way
Still you pray, you never stray
Never taste of the fruit
You never thought to question why

It's not like you killed someone
It's not like you drove a hateful spear into his side
Praise the one who left you
Broken down and paralyzed
He did it all for you
He did it all for you

Oh so many many ways for me to show you
How your dogma has abandoned you
Pray to your Christ, to your god
Never taste of the fruit
Never stray, never break
Never---choke on a lie
Even though he's the one who did this to you
You never thought to question why

Not like you killed someone
It's Not like you drove a spiteful spear into his side
Talk to Jesus Christ
As if he knows the reasons why
He did it all for you
Did it all for you
He did it all for you..

2 comments:

Porcotte Pink said...

Queres ser mais deprimente???

Headache said...

Não, menina... eu quero é ser feliz! < /MilleniumBCP>

Então é melhor nem pôr a próxima que ia pôr... Vou pôr já uma para alegrar as hostes.